Compartilhe...
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Artch: Já imaginou o Bruce Dickinson cantando no Metal Church?

O Artch é uma banda de power metal surgida na década de 80. Foram necessários apenas dois álbuns para que o grupo forjasse seu nome no imaginário do público. A sonoridade da banda é o tradicional power metal europeu oitentista, mas vou além: imagine o Bruce Dickinson cantando no Metal Church!

É mais ou menos assim a sonoridade do Artch. Lançaram apenas dois álbuns. O primeiro foi “Another Return”, lançado em 1988 e se tornou um clássico do grupo, e o segundo veio em 1990 com o título “For The Sake Of Mankind”. O nome original era ARCH, mas um amigo da banda quando desenhou o logo, adicionou um T no meio, a banda achou legal e passou a usá-lo.

Fundada na Noruega no ano de 1983 pelo baixista Bernt Jansen e pelo guitarrista Cato André Olsen, quando tinham por volta de 16 e 17 anos. Para completar a banda chamaram integrantes de outra banda local a “Oxygen”, os integrantes eram Geir e Jørn. Depois de muito trabalho conseguiram um vocalista, o escolhido foi Espen Hoff. Mas infelizmente Espen não chegou a gravar com a banda, pois morreu em 1985 em um trágico acidente de moto.

Oito meses depois da morte de Espen Hoff , conseguiram um substituto. Eirikur Hauksson mudou-se da Islândia para a Noruega e passou a trabalhar arduamente no primeiro álbum do grupo.
No início do ano de 1987 a banda entra em estúdio para gravar “Another Return”. Em 1988 finalmente Another Return é lançado e chama atenção do público europeu, mas o álbum só foi lançado em alguns países, impossibilitando o crescimento do Artch.

Com 10 músicas, todas e alto nível, o destaque fica para a faixa “Another Return to Church Hill”, que com suas iniciais formam o nome da banda. As faixas “Power To The Man” e “Loaded” também representam ótimos momentos do disco. O ponto alto do trabalho fica por conta da excelente voz de Eirikur Hauksson com um timbre semelhante ao de Bruce Dickinson chamou muita atenção para o nome do grupo.

Sem dinheiro e apoio algum, as turnês do grupo não foram muito além da Noruega e da Islândia. Em 1990 o Artch começou a trabalhar em um novo material, mais pesado e com uma sonoridade remetendo a bandas como Metallica, Anthrax e Metal Church. Mas faltava dinheiro na banda, e demoraram um pouco para gravar o álbum. Tudo foi gravado e mixado em um mês “For the Sake of Mankind” não foi lançado em um bom momento, pois explodia a febre do grunge e as vendas do álbum não foram nada boas. O álbum chegou a ser lançado nos EUA, Europa e Japão.

O Artch ficou em um hiato de oito anos sem fazer shows nem gravar nada. Em 1999 a gravadora Metal Blade entrou em contato com a banda para em 2001 lançar os dois álbuns remasterizados.
Esses relançamentos estimularam o grupo a gravar duas novas músicas que serviram de bônus-track para o Another Return. Em agosto de 2001 o Artch fez um show no festival Wacken. A banda continua fazendo algumas apresentações em festivais na Europa e EUA, mas não tem em vista nenhum álbum novo.

Gênero: Power Metal
País: Noruega

Formação mais Recente: 
Eric Hawk (vocal)
Gill Niel (guitarra)
Cat Andrew (guitarra)
Brent Jansen (baixo)
Jack James (bateria)
Gudmund Bolsgaard (bateria – substituiu JJ na reunião da banda em 2000)

Sitehttp://www.artch.net

Discografia

Another Return (1988)

01. Conversio Prelude 02. Another Return To Church Hill 03. Power To The Man 04. Loaded 05. Where I Go 06. Metal Life 07. The Promised Land 08. Shoot To Kill 09. Living In The Past 10. Reincarnation Formação: Eirikur Hauksson Cato Andre Olsen Geir Nilssen Bernt Jansen Jorn Jamissen

For The Sake Of Mankind (1991)

01. When Angels Cry 02. Appologia 03. Burn Down The Bridges 04. Paradox 05. To Whom It May Concern 06. Titanic 07. Confrontation 08. Turn The Tables 09. To Be Or Not To Be 10. Batteries Not Included 11. Razamanaz Formação: Eirikur Hauksson Cato Andre Olsen Geir Nilssen Bernt Jansen Jorn Jamissen

Compartilhe...
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
%d blogueiros gostam disto: