50 anos de Sticky Fingers dos Rolling Stones

Um dos meus discos favoritos dos Stones chegou muito bem aos 50 anos. Stick Fingers é o décimo primeiro trabalho de estúdio da banda, mas com ressalvas, já que essa posição é somente na discografia americana dos Stones.  Na discografia inglesa, o álbum figura na nona posição. Outro dia eu explico isso…

Foi com essa maravilha que o quinteto inglês alcançou a marca de três milhões de discos vendidos. Isso apenas em solo americano. O álbum chegou ao topo das paradas tanto nos Estados Unidos quanto na Inglaterra.

 

Esse é um trabalho cheio de novidades para o grupo, desde o primeiro a contar com o famoso logo da língua, além de ter sido lançado pelo próprio selo da banda, a Rolling Stone Records. O selo foi criado apenas para lançar os discos dos Stones, mas também foi responsável pelo lançamento de álbuns solos do Keith Richards e Mick Jagger. E também lançaram em 1977 um disco do Peter Tosh, membro da banda do Bob Marley, The Wailers. Foi nesse trabalho, que o guitarrista Mick Taylor gravou o disco inteiro. Mick  foi o substituto de Brian Jones, morto em 1969.

 

A capa do disco foi obra do artista Andy  Warhol e mesmo mostrando a silhueta de um pênis em um jeans, a arte só foi censurada na Espanha.

 

Agora vamos falar de música, né? O disco abre com “Brown Sugar” e não precisa dizer muito né? Que riff de guitarra foi esse? E não é para menos que a canção é um hit do grupo até hoje e presente em seus shows.  Destaco também a belíssima balada “Wild Horses”, com uma levada meio country. Uma canção onde o vocal de Mick Jagger transborda emoção: “Moonlight Mile”. Outra balada linda, em que a banda aposta nos metais é “I Got the Blues” e ainda tem um órgão para dar um toque gospel à canção.

Queria estar vivo para ver esse trabalho fazer 100 anos e ainda se manter em  excelente forma!

50 anos de Sticky Fingers dos Rolling Stones
50 anos de Sticky Fingers dos Rolling Stones

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on tumblr
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

biografias

Manowar

Manowar

16/03/2021 Biografias

manowar O Manowar é uma banda que dispensa apresentações, qualquer fã de metal pelo menos já ouviu falar desse quarteto americano que fez seu nome no início da década de oitenta. Eles apelam para um visual de vinkings/bárbaros e com letras sobre batalhas e sempre exaltando um lado machista.Angariando milhares

Leia mais

play it loud!

Skid Row – Slave to the Grind

Filipe Souza 02/02/2018

Esqueça a figura do Sebastian Bach por apenas um segundo. Esqueceu? Agora ouça esse disco

Leia Mais
Play It Loud! Podcast

Helloween – Live in the U.K

Filipe Souza 15/04/2013

O que se pode dizer de um disco ao vivo que resgata o melhor de

Leia Mais
Play It Loud!

Ozzy Osbourne – Speak of the Devil (1982)

Filipe Souza 17/12/2012

Ozzy Osbourne Speak of the Devil (1982) Esse disco representa muito para mim. Desde adolescente

Leia Mais
Play It Loud!

Escute o metal zone

newsletter

Use a nossa busca